Adolescente é estuprada e morta com requintes de crueldade, por ser considerada muito bonita pelo assassino

morta-ana-beatriz-macacos

O suspeito  de matar e torturar a menina Ana Beatriz Andrade, de 14 anos, no Morro dos Macacos, em Vila Isabel, Zona Norte do Rio, foi preso, na madrugada desta terça-feira, por policiais da UPP do Morro dos Macacos e encaminhado para a Divisão de Homicídios da Capital (DH). Gutemberg Rodrigues Minas, de 19 anos, era vizinho da vítima e teve prisão temporária decretada pelos crimes de estupro e homicídio triplamente qualificado — pela asfixia, por tentar garantir a impunidade do estupro e pelo feminicídio. A investigação está sob coordenação da delegada Marcela Ortiz.
Uma amiga da família e assistente social de um projeto em que Ana Beatriz participava até o ano passado — o Morada da Esperança, no Grajaú, de apoio sócio-educativo e escolar para meninas de 4 a 13 anos —, Lane Santos diz estar aliviada com a prisão do responsável pelo crime:



— Apesar da grande tristeza, é um alívio saber que o criminoso que fez isso foi preso — diz Lane, que não conhecia o suspeito.
Gutemberg ainda escondeu a chave da casa e o tablet da adolescente. A menina foi encontrada morta na própria casa, no último sábado, por volta das 13h30. A mãe da vítima, Soraya Silva Oliveira,


de 45, contou que Ana Beatriz Andrade estava com as mãos e os pés amarrados e amordaçada. Ela chegou a ser socorrida para o Hospital federal do Andaraí, também na Zona Norte, mas não resistiu aos ferimentos.
Uma testemunha chegou a dizer à Polícia Civil que o pai da menina, um cabeleireiro que trabalha na Tijuca, tinha sido visto na comunidade no dia da morte, e que era pouco comum que ele frequentasse a região. Na DH, o homem ofereceu seu material genético para comprovar que não esteve na cena do crime.
O enterro de Ana Beatriz será nesta terça-feira, às 11h, no Cemitério do Catumbi, na Zona Portuária da cidade.

 

 

 

2 comentários sobre “Adolescente é estuprada e morta com requintes de crueldade, por ser considerada muito bonita pelo assassino”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *